Fonte: TheWrap

Florence Pugh deu ao público uma nova perspectiva da birrenta Amy March de ‘Adoráveis Mulheres’ – e recebeu uma indicação ao Oscar por isto na segunda-feira.

“Você viu o quão mal humorada e poderosa ela era?” Florence disse ao TheWrap logo após sua indicação ao Oscar. “Nem nos meus sonhos mais loucos eu acreditei em ter uma indicação ao Oscar. Que personagem incrível para se conseguir e que avanço incrível para ela, para o livro e para Greta Gerwig – sem a Greta fazendo isto dar certo, não estaria acontecendo. A Amy teve uma nova chance e as pessoas gostaram disto.”

Florence foi indicada na categoria de ‘Melhor Atriz Coadjuvante’, ao lado de Kathy Bates (“Richard Jewell”), Laura Dern (“Marriage Story”), Scarlett Johansson (“Jojo Rabbit”) e Margot Robbie (“Bombshell”). ‘Adoráveis Mulheres’ recebeu ao todo seis indicações, incluindo Saoirse Ronan como ‘Melhor Atriz’, bem como ‘Melhor Adaptação Cinematográfica’. No entanto, Greta não foi indicada na categoria de ‘Melhor Diretor’.

“Eu estou simplesmente tão feliz que o Alexandre Desplat foi indicado – a trilha sonora dele realmente movimenta o filme,” Florence explica. No entanto, ela está tão triste por Greta não ser indicada na categoria de ‘Melhor Diretora’ quanto qualquer pessoa.

“Eu ainda não falei com a Greta, mas é triste que nós tivemos três meses de discussões para talvez mudar e eles não mudaram,” Florence disse. “Eu estou falando isso há um tempo: a Greta fez um filme sobre mulheres e relacionamentos com dinheiro e trabalhar em um mundo dos homens e isto só destaca isto. Eu não sei qual é a solução, eu não sei como resolver isto. Além disto, neste anos nós tivemos a maior quantidade de filmes escritos, dirigidos e produzidos por mulheres, então não é como se não tivesse nenhum conteúdo para indicar – tem sim. Nós temos que adaptar.”