Florence Pugh é humana. Pode até não parecer, mesmo a novata de 23 anos de idade ter estrelado em três sucessos das telonas neste ano sozinha: o drama comédia esportivo ‘Lutando Com A Família’, o filme de terror ‘Midsommar’, e agora, a adaptação de Greta Gerwig de ‘Adoráveis Mulheres’, de Louisa May Alcott, que estreia nos cinemas no Natal.

Mas apesar de ter conseguido papéis tão cobiçados, a jovem estrela ainda fica impressionada, especialmente por Greta Gerwig e, como esperado, por sua co-estrela, Meryl Streep.

“A Greta é a voz que todo mundo tem esperado para ouvir atualmente e todo mundo quer ver o mundo pela perspectiva dela. Ela definitivamente é alguém que ainda me deixa empolgada e nervosa quando está por perto,” Florence revelou para a Daily News no inîcio do mês. “E obviamente, Meryl é a mulher que cada um os atores se inspiraram,majoritariamente, em suas carreiras, então eu preciso dizer que essas duas (me deixaram mais impressionadas).”

‘Adoráveis Mulheres’, de Greta Gerwig, vem 25 anos após a adaptação semelhante de Gillian Armstrong, que conta com Kirsten Dunst como a Amy March mais jovem e Samantha Mathis como a versão mais velha da personagem.

Na adaptação da diretora de ‘Lady Bird’, Florence Pugh estrela como Amy, enquanto Saoirse Ronan é sua irmã mais velha Jo. Emma Watson, de ‘Harry Potter’ interpreta Meg e Eliza Scanlen é Elizabeth, “Beth” March. Timothée Chalamet estrela como o amigo da família, Laurie.

“Eu não sei que eu tenha colocado o meu jeito para mudar alguma coisa (das adaptações antigas)” Florence disse. “Mas eu certamente sabia que eu queria que Amy fosse tão deliciosa quanto ela é irritante.”

“Eu adoro assistir crianças problemáticas nas telas,” ela riu. “Eu acho que elas são muito engraçadas, porque – especialmente no lugar em que a Amy está, ela ainda é uma criança, mas ela também está próximo de se tornar uma mulher. E eu acho que eu sempre achei esta idade particularmente interessante, porque você é frequentemente confundida com uma adulta e tudo que precisa é uma frase idiota e você de repente tem 13 anos de novo.”

No filme de terror do diretor Ari Aster, ‘Midsommar’, Florence passou por uma mudança diferente de vida como Dani, de vinte e poucos anos de idade, que é forçada a lidar com uma tragédia que muda sua vida, enquanto visita um culto em uma comunidade sueca.

Interpretar a Dani foi “obviamente” mais desafiador para Florence do que interpretar a Amy, ela disse. “E eu sabia disso antes de eu começar a filmar,” Florence disse para o The News. “Foi um trabalho grande e carregar o peso de alguém com aquele nível de luto foi algo que eu sempre me senti apreensiva em fazer.”

Apesar de Amy ter sido “um papel incrível de se interpretar”, a britânica diz que o tão amado papel foi “relativamente fácil”.

“Eu acho que foi tão divertido no sentido de interpretá-la mais jovem e mais velha,” Florence explicou. “Então eu meio que mais ou menos me entreti com a Amy. Ela não foi particularmente difícil.”

Florence também explicou que, apesar da matéria da Variety no ano passado ter dito que ela pediu para sua colega Saoirse “bater em seu rosto” enquanto se preparava para as diversas cenas de brigas entre irmãs: “Ai meu Deus, isto está tomando uma proporção enorme e na verdade não é nada demais,” ela disse. “Eu não pedi para ela ficar me batendo várias vezes. Foi apenas naquela cena especificamente.”